LigaSP divulga nota sobre pedido de revisão do resultado do carnaval

Pérola Negra pediu reexame de notas, pois alega ter sido prejudicada pelos problemas de falta de luz e queda do som durante seu desfile

Redação Tamborins

 

A Liga das Escolas de Samba de São Paulo (LigaSP) divulgou nota oficial sobre o pedido de revisão do resultado do carnaval 2016 feito pela Pérola Negra. A escola da Vila Madalena alegou ter sido prejudicada pelos problemas de falta de luz e queda do som durante seu desfile.

 

Confira o texto da nota oficial da LigaSP na íntegra:

 

A Liga das Escolas de Samba de São Paulo, por meio de sua presidência, vem informar ao público a realização de reunião plenária ordinária, ocorrida no último dia 16/02/2016, a pedido da agremiação G.R.CE.S. Pérola Negra.

 

A reunião teve por objetivo deliberar sobre o pedido realizado pela agremiação para que fosse novamente analisado o resultado final da apuração do Carnaval 2016, considerando falhas técnicas de luz e som que teriam ocorrido em sue desfile.

 

Nos exatos termos do ofício encaminhado pela agremiação a Liga das Escolas de Samba, após longos debates entre os presidentes presentes à reunião (19 dos 23 presidentes das agremiações que integram essa entidade), deliberou-se por dar procedência ao pedido da entidade, abrindo processo de reanálise do resultado final do Carnaval 2016, em especial que tange as agremiações que foram rebaixadas ao Grupo de Acesso do Carnaval 2017.

 

Importante ressaltar que a decisão final a cerca do resultado do Carnaval de 2016 cabe exclusivamente a Assembleia Geral Extraordinária que, nos termos do Artigo 27 do Estatuo da Liga das Escolas de Samba, é o órgão responsável por “deliberar sobre os demais assuntos de relevância e interesse da Liga “, (o artigo 36, “e”, do Estatuto da Liga).

 

A Assembleia Geral Extraordinária é uma sessão especial de reunião dos presidentes da Liga que deve ser convocada segundo as regras especiais contidas nos artigos 37 e 38 de seu estatuto.

 

Assim, e considerando a relevância do assunto para as 23 agremiações que compõem hoje a Liga das Escolas de Samba de São Paulo, será convocada assembleia geral extraordinária para a próxima segunda-feira (22/02), na qual será deliberado se haverá ou não alteração nas escolas que serão rebaixadas ao Grupo de Acesso do Carnaval 2017.

Copyright© 2007/2017 - TAMBORINS.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.