Sábado: Império e Dragões entram na disputa pelo titulo do carnaval de SP

Império mostra técnica na luta pelo bicampeonato e Dragões da Real emociona o Anhembi com homenagem ao povo nordestino

Nas andanças pelo sambódromo, algumas pessoas se mostraram muito pessimistas em relação ao segundo dia de desfiles no Anhembi. Mas no carnaval, assim como na vida, não devemos falar antes das coisas acontecerem. A noite de sábado mostrou que a festa se reinventa por si. Se na sexta, a expectativa não correspondeu ao que vimos na pista, provavelmente por causa da forte tempestade que desabou na capital paulista horas antes do desfile, as escolas do segundo dia, brindaram o público com um misto de bom gosto, emoção, garra e, acima de tudo, talento. Talento que sobrou nas passagens de Império de Casa Verde e Dragões da Real, as duas melhores escolas da noite e do carnaval e aquelas que, provavelmente, irão travar uma verdadeira batalha de décimos na disputa pelo campeonato.

 

A crise econômica que se instalou no país atingiu o carnaval em cheio.  Quase todos os presidentes discursaram agradecendo os componentes e destacando o ano complicado e os problemas financeiros que enfrentaram. Até carnavalesco foi ao microfone agradecer o esforço dos foliões para colocar a escola na rua, como foi o caso de André Machado, da Rosas de Ouro. A falta de verbas, já havia ficado bastante aparente nas apresentações de sexta-feira. Essa deve ser uma das principais preocupações dos dirigentes para o próximo carnaval, já que o novo prefeito da capital estuda diminuir o repasse de verbas anual da prefeitura para as agremiações produzirem o espetáculo.

 

MANCHA VERDE

De volta ao Grupo Especial, a Mancha Verde apresentou um enredo que exaltava os diversos “Josés” presentes na cultura popular. Mesmo com a bela apresentação de Freddy Viana e de seu carro de som, um dos mais afinados do carnaval de São Paulo, a escola Alviverde apresentou alguns problemas de evolução e harmonia durante sua passagem e pode perder pontos preciosos na luta para se manter na elite do carnaval de paulistano.

 

- Veja a largada da Mancha Verde no Desfile Oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Mancha Verde de 2017

 

 

UNIDOS DO PERUCHE

Com o valente samba em homenagem a cidade de Salvador, a Unidos do Peruche fez uma apresentação correta. Sem grandes destaques, a escola chamou atenção pelo equilíbrio do conjunto apresentado e pelas belas fantasias do primeiro setor da escola, com ênfase para a comissão de frente e a estonteante indumentária do casal de mestre sala e porta bandeira.

 

- Veja a largada da Unidos do Peruche no Desfile Oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Unidos do Peruche de 2017

 

 

IMPÉRIO DE CASA VERDE

Atual campeão do carnaval, o “Tigre Guerreiro” mostrou que, após a contratação do carnavalesco Jorge Freitas, realmente mudou de patamar e está de volta aos bons tempos na luta pela parte de cima da tabela. Com carros grandiosos e um acabamento impecável, uma das marcas do artista vindo da Rosas de Ouro, a Império mostrou para todos que estavam no Anhembi que para ser campeão do carnaval terá que passar por cima da escola da Casa Verde. Porém, o samba não teve um bom desempenho, apesar do esforço do excelente intérprete Carlão Jr. Algumas alas mostravam pessoas quietas, sem cantar o samba da escola, algo bastante incomum para a aguerrida comunidade imperiana. Mesmo com essa ressalva, a mais jovem campeã do carnaval paulista está na briga pelo bicampeonato, o quarto título de sua jovem história.

 

- Veja a largada do Império de Casa Verde no desfile oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial do Império de Casa Verde em 2017

 

 

DRAGÕES DA REAL

Emoção é a palavra que define com maestria o que fez a Dragões da Real na noite deste sábado no Anhembi. A escola que vem se estruturando ano após ano trouxe o intérprete Renê Sobral, que estava na Tom Maior faz mais de dez anos, e o homem que ‘acende o cachimbo do saci’ e o ‘charuto do seu zé’ embalou o Anhembi e fez todo público forrozear na homenagem ao povo nordestino. As alegorias e fantasias de fácil leitura se destacaram pelo esmero no acabamento. Alias, a carcaça de dragão trazida no abre alas foi uma das soluções mais bonitas do carnaval. A alegoria exalava poesia e emocionava logo no início do desfile. A comunidade tricolor vestiu a camisa do samba forrozeado e cantou como poucas que passaram pela pista do Anhembi. Mesmo tendo a responsabilidade de desfilar após a atual campeã e antes da maior campeã do carnaval a Dragões passou pela pista sem sentir a pressão e deixou claro que aquela agremiação que quiser ser campeã do carnaval de São Paulo terá que derrotar a Dragões da Real.

 

- Veja a largada da Dragões da Real no desfile oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Dragões da Real em 2017

 

 

VAI-VAI 

Se por sua tradição e gigantesca torcida, a Vai-Vai é sempre uma das escolas mais aguardadas ano após ano, no carnaval de 2017 essa expectativa foi ainda maior. O samba em homenagem à Mãe Menininha do Gantois é uma arrasta quarteirão daqueles para ser lembrado por um bom tempo. Porém, a expectativa não se confirmou no desfile e o samba não foi um dos trunfos da preto e branco do Bixiga para se candidatar ao título do carnaval. Porém, o maior problemas que a escola mostrou em seu desfile foi de evolução. Na primeira metade da apresentação os componentes passaram em um ritmo mais lento devido ao tamanho das alegorias que tinha dificuldade em se movimentar, na parte final os diretores de harmonia precisaram acelerar o andamento da escola para que a maior campeã do carnaval de São Paulo não estourasse o tempo máximo de apresentação. Os portões da dispersão fecharam exatamente no tempo de 65 minutos. Como se não bastasse, a última alegoria da Vai-Vai derramou água e óleo na pista de desfile, o que causou o atraso na apresentação da Nenê de Vila Matilde. De acordo com o presidente da Liga das Escolas de Samba, Paulo Sergio Ferreira, a escola do Bixiga não vai sofrer nenhuma penalidade pelo contratempo, pois, de acordo com a avaliação dos mandatários do carnaval, o derrame de líquidos no asfalto foi apenas um acidente.

 

- Veja a largada da Vai-Vai no desfile oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Vai-Vai em 2017

 

 

NENÊ DE VILA MATILDE

Quando estava pronta para iniciar o samba para esquentar sua bateria, o presidente da escola determinou que os componentes aguardassem para que a pista de desfile fosse lavada e seca, pois a mistura de óleo e água deixada pela Vai-Vai, colocava os componentes em risco d acidente. Quando, finalmente, a sirene tocou e o intérprete Agnaldo Amaral teve que refazer parte do trabalho de aquecimento vocal, pois esperaram por quase 30 minutos. A espera atrapalhou muito a comunidade de Vila Matilde. Mesmo com o esforço da ala musical e de seus intérpretes, a Nenê passou sem muito brilho pela pista do Anhembi para contar o enredo sobre a cidade de Curitiba.

 

- Veja a largada da Nenê de Vila Matilde no desfile oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Nenê de Vila Matilde em 2017

 

 

ROSAS DE OURO

Dizem que o bom filho sempre volta pra casa e na Rosas de Ouro não poderia ser diferente. Depois de mais de 20 anos de separação, o “Sabiá”, Royce do Cavaco, retornou ao comando do microfone número um da Roseira. E com a disposição de um menino, o cantor conduziu o bom desfile da escola que falou sobre os saberes e sabores da culinária brasileira. Depois de uma péssima passagem no último ano, a Rosas de Ouro está de volta ao patamar que se acostumou nos últimos anos, quando, quase sempre, entrava na Avenida para disputar o título do carnaval de São Paulo.

 

- Veja a largada da Rosas de Ouro no desfile oficial de 2017

 

- Ouça o samba gravado ao vivo no desfile oficial da Rosas de Ouro em 2017

 

  

A apuração das notas dos desfiles das escolas de samba se São Paulo acontece na próxima terça-feira, às 15:45, quando saberemos qual escola foi a grande campeã do carnaval 2017.

Copyright© 2007/2017 - TAMBORINS.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.